Skip to main content
Artigo

Responsabilidade da reforma de fachada

By 18 de agosto de 2022novembro 22nd, 2022No Comments

Ser síndico é preocupar-se desde a porta de entrada até o captor do SPDA do empreendimento. É função deste profissional zelar pela saúde, segurança e conforto dos usuários da edificação, para tal, é preciso que todas as manutenções estejam em dia, isso inclui a reforma e manutenção das fachadas.

Antes de mais nada, é importante destacar que reforma e manutenção de fachada, são atividades distintas, contudo, a responsabilidade de ambas é do síndico.

Na cidade de São Paulo, esse serviço é obrigatório desde 1988, data na qual saiu a lei municipal 10.518/88, que obriga os prédios a pintarem as fachadas a cada cinco anos, e o não cumprimento pode acarretar em multa ao proprietário do imóvel.

Pois bem, entendido esse ponto, vamos partir para a próxima tratativa. A importância de manter a pintura da fachada em dia.

A conservação e recuperação da fachada, são serviços importantes e necessários, além de proporcionar valorização e benefício estético aos condomínios, já que a fachada é o cartão de visitas do prédio, uma boa pintura traz também a sensação de limpeza e cuidado, e é fundamental para impermeabilizar a estrutura do local, afastar a umidade e, ainda, prevenir possíveis infiltrações, fissuras e trincas.

Esses problemas, além de ocasionarem um aspecto visual desagradável aos ambientes, podem comprometer os imóveis. Isso porque a falta de estanqueidade, ou vedação, pode trazer alguns problemas aos apartamentos, como surgimento de manchas de umidade e/ou bolor nas paredes.

Sem falar que a falta de manutenção preventiva também pode trazer problemas legais para o síndico, o qual pode ser responsabilizado em caso de acidentes provocados por detritos soltos de fachadas mal conservadas.
Mas lembre-se, antes de contratar esse serviço, procure por empresas capacitadas, caso contrário, um serviço de rotina pode se tornar uma grande dor de cabeça para o síndico.

Vidros quebrados, paredes manchadas, erros na execução da obra, moradores insatisfeitos. Dependendo da extensão, o serviço pode durar meses e causar grande incômodo, caso a empresa contratada não esteja apta a realizar o serviço com excelência.

Como planejar uma reforma ou manutenção na fachada?

Quem vive a rotina de síndico, sabe que é preciso se organizar para garantir que as coisas não saiam dos trilhos. Então, para te ajudar nessa tarefa, separei 6(seis) dicas de como se programar para fazer a sua reforma ou manutenção na fachada.

Dica Nº1: Faça um edital
Antes de solicitar as propostas, é importante padronizar quais serviços serão realizados, para isso, é importante fazer uma inspeção na fachada para levantar todas as necessidades e então criar o edital.
Essa ação é fundamental para balizar as propostas, e não correr o risco de receber valores muito discrepantes.

Dica Nº2: Avalie os pontos técnicos
No mundo condominial, é comum encontrar gestores que apenas avaliam o preço do serviço. Mas não é bem assim.
Concordo que o valor é um item importante, mas não deve ser o primeiro ponto a ser avaliado.
Assim que receber as propostas, a primeira coisa a se fazer é analisar o escopo técnico, e se está condizente com o edital.

Dica Nº3: Analise os valores
Agora sim é hora de ver os valores, depois que analisar todos os pontos técnicos.
Se você fez um edital, antes de solicitar os orçamentos, normalmente todas as propostas estarão balizadas, então não haverá um prestador cobrando R$1.000,00 (mil reais) e outro cobrando R$100.000,00 (cem mil reais).
Por isso é importante, primeiro fazer o edital, vai facilitar nessa etapa.

Dica Nº4: Divida a informação com os moradores
Depois que já tiver todos os orçamentos balizados, tanto a parte técnica, quanto financeira, apresente o resultado aos moradores. Compartilhe a informação com todos.

Dica Nº5: Faça a contratação do serviço
Depois que a empresa selecionada for de comum acordo entre todos, faça a contratação de fato.

Dica Nº6: Acompanhe o trabalho
E por último, mas não menos importante, depois de contratado o serviço e iniciado os trabalhos, acompanhe a obra.
Essa é uma etapa crucial para que os serviços sejam realizados com maestria. Afinal de contas, imprevistos acontecem.
Mesmo contratando a melhor empresa do setor, que segue criteriosamente todos os itens técnicos e de segurança, por se tratar de um serviço grandioso, há sempre a probabilidade de ocorrer algum imprevisto. Mas, se você estiver acompanhando a obra, o impacto será mínimo.

Espero que tenham gostado dessas dicas, e que tenha ficado claro a importância do serviço e responsabilidade do síndico em todo o processo.

Boas manutenções prediais para ti.
Até a próxima!

——

Sobre o autor Felipe Lima

Mestre engenheiro, palestrante, escritor, visionário, detalhista e apaixonado por manutenção predial. Na sua trajetória profissional já atuou nos estados de SP, BA, DF, PA, RJ, em empreendimentos comerciais, residenciais, shoppings e galpões logísticos.

——

Com 27 anos de experiência no ramo de construção civil, mais de 1.900 obras realizadas em diversos segmentos e profissionais altamente especializados, a Atala Engenharia acumulou muitas técnicas e experiências para dar toda tranquilidade ao cliente. Por isso, incentivamos que você escolha a empresa ideal, aumentando sua satisfação, segurança, qualidade da entrega e a durabilidade da obra.

Seu patrimônio merece ser valorizado ∴
, fale agora mesmo pelo WhatsApp com o nosso time de representantes.

Fotos: SpencerWing – Pixabay

Clique aqui para baixar o arquivo pdf da matéria.

Leave a Reply

×